Temos tecnologia em Muzambinho/MG

Muito bonita a reportagem da GNT sobre a simplicidade rural e as casas centenárias de nossa cidade. No meu entendimento, a reportagem passou para o público,  que a cidade é muito ruralista e vive exclusivamente  do artesanato . Posso estar equivocada, mas as grandes belezas naturais e os progressos conquistados às duras penas ficaram ocultas. Quem assistiu o programa , que não conhece a cidade, pode imaginar Muzambinho, um povoado sem nenhum avanço  tecnológico.  Sem estruturas progressistas. Eu só acho …



Cleusa Ely

O portal muzambinhense de recordações ilustrativas, nos remetendo ao saudosismo e sentimentalismo. Sou apaixonada por fotografias antigas e essa particularidade me fez criar a página Sou mais Muzambinho. Desde fevereiro de 2012, faço do meu hobby, uma realização pessoal. Essa página não seria tão ilustrativa sem a ajuda de meus colaboradores. Chego à ser cansativa nos pedidos às pessoas que possuem um acervo interessante, mas é na insistência que consigo fotos fabulosas e de valor inestimável. As fotos atuais são feitas por mim, para um comparativo de lugares e ângulos iguais às fotos antigas. Tenho orgulho de minha cidade e quero que suas belezas naturais sejam compartilhadas com todos nossos conterrâneos. Obrigada à todos por fazerem da minha realização a sua contemplação.

2 comentários em “Temos tecnologia em Muzambinho/MG

  • agosto 11, 2015 em 12:41 am
    Permalink

    Cleusa, a reportagem é de Turismo, gastronomia e Cultura . As belezas naturais estão sendo destruídas, os rios poluídos ( eles foram no Chico Pedro e Na usina da escola mas estão poluídos) Não quiseram mostrar a avenida devido à sujeira no vão das pedras, à poluição visual das fachadas dos predios e por que o Predião do lado da caixa eonômica atrapalhou as filmagens. O turista de maior poder aquisitivo ( e nao o que vem pra urinar nas ruas) quer artesanato de qualidade, descanso e arquitetura histórica. Mostrou o que Mzambinho tem de MELHOR e a cidade nao valoriza: é preciso que pessoas DE FORA mostrem o que temos de bom.O que vc acha que deveria ter mostrado e nao foi?

    Resposta
  • agosto 11, 2015 em 6:41 am
    Permalink

    Bom dia Fernando. Estava mesmo esperando a sua participação, que sempre acontece mais tarde e eu não tenho como responder na hora. Eu amei a reportagem. Lindas fotografias e ótima edição. SÓ ACHEI que a produção deixou muita coisa boa de fora. Uma amostra panorâmica da cidade seria suficiente para mostrar o que somos. Agora quanto as mazelas que você citou são encontradas em qualquer cidade e são de nossa responsabilidade. Se não conseguiram fazer a filmagem por causa do “predião”, como vc justificou, poderiam ter ido no IF, porque de lá eles teriam uma visão previligiada da zona urbana e circunferências. Uma filmagem nos teares, a fabricação de queijos e doces, oficinas de costura, destilarias, etc, também seria de grande valor ilustrativo como cultura preservada … Tudo isso é CULTURA. Ah…Eu só acho!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *