Sr. Antônio da Silveira Lima – “Seu” Antônio da Farmácia

SAUDADES DO MEU SOGRO
Ontem eu e Marco Regis lembrávamos dele tendo a intenção de oferecer alguns detalhes da sua fecunda existência . O nosso saudoso e extraordinário Antônio da Silveira Lima nasceu no dia 03 de agosto de 1910, em Conquista, Triângulo Mineiro, havendo ficado órfão de pai e muito cedo começou a labuta para ajudar a mãe e outros irmãos. Muito jovem, ingressou na Cia Mogyana de Estradas de Ferro, no cargo de telegrafista, e mais tarde promovido a Chefe-de Estação. Tanto é que aos 48 anos se aposentou com mais de 30 anos dedicados à faina ferroviária.Como telegrafista ele trabalhou em Uberaba-MG, Rifaina-SP (às margens do Rio Grande, onde ele foi testemunha do intenso tiroteio entre paulistas X mineiros na Revolução de 1932), Cravinhos-SP e Guaxupé MG. Como Chefe: Anil (município de Uberlândia), Jaboti (município de Guaxupé / Ramal de Biguatinga ), Tanquinho (município de Campinas-SP) e, finalmente, Monte Belo-MG (1956/1958), terra de sua mulher Hilda Boneli, onde veio a se aposentar. Obstinado na formação educacional dos cinco filhos, mudou-se para Muzambinho em 1959, onde todos eles cursaram o segundo grau, indo eles, depois, para outras cidades onde galgaram cursos superiores. Trabalhou na Loja de Materiais de Construção do Sr. Vicente Cerávolo e, depois, durante mais de 20 anos na Farmácia do Sr. Acácio Martins de Oliveira, com cuja família manteve fraternal ligação de amizade, estreitada pela fé Kardecista que ele já trouxera do Triângulo Mineiro. A nova atividade o tornou conhecido e admirado como o” Seu” Antônio da Farmácia. Apesar da sua escolaridade primária tornou-se um homem culto pelo fervor e avidez com que se dedicou à leitura em geral e na profundidade da Doutrina de Alan Kardeck. Morreu em Muzambinho aos 97 anos de idade.

antonio farmáciamuzambinho

Da esquerda para a direita: Marco Regis, Leda Maria, dona Hilda, Milton Vânius, Antônio, Sandra Maria e Carlos Roberto.

Texto:  Adalete Nunes Carvalho Lima.

Fotos : Cristiano de Almeida Lima

Cleusa Ely

O portal muzambinhense de recordações ilustrativas, nos remetendo ao saudosismo e sentimentalismo. Sou apaixonada por fotografias antigas e essa particularidade me fez criar a página Sou mais Muzambinho. Desde fevereiro de 2012, faço do meu hobby, uma realização pessoal. Essa página não seria tão ilustrativa sem a ajuda de meus colaboradores. Chego à ser cansativa nos pedidos às pessoas que possuem um acervo interessante, mas é na insistência que consigo fotos fabulosas e de valor inestimável. As fotos atuais são feitas por mim, para um comparativo de lugares e ângulos iguais às fotos antigas. Tenho orgulho de minha cidade e quero que suas belezas naturais sejam compartilhadas com todos nossos conterrâneos. Obrigada à todos por fazerem da minha realização a sua contemplação.

Um comentário em “Sr. Antônio da Silveira Lima – “Seu” Antônio da Farmácia

  • agosto 5, 2015 em 9:49 pm
    Permalink

    Saudades imensas desse nosso querido vizinho de rua Sete de Setembro, pai de nossos amigos de infância Marcos Régis, Beto, Milton Vanius, Leda e Sandra, isso na rua Sete de Setembro, Muzambinho. Ele não aplicava injeções só na casa de nosso também vizinho Bibi mas também em nossa casa. Homem trabalhador e digno, espírita e estudioso, leitor assíduo de livros como o Evangelho de Alan Kardec. Educou os filhos com esmero e também sobrinhos que tomavam pensão em sua casa como dr. Milton(médico em Juruaia), Marisa(que foi casada com Dimas, filho do sr. Hugo do cinema), além de Rosa e Afránio. Homem de uma honradez impecável.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *