Francisco Leonardo Cerávolo

FrancescoL

Francesco Leonardo Cerávolo nasceu em Pizzo Catanzaro, Itália, em 06/11/1880, filho de Domênico Cerávolo e Rosária Raniéri. Em 1908 casou-se com a austríaca Catharina Páver e teve nove filhos: Domingos, Jacomino, Vicente, Francisco, Dalton, Geralda, Rosalina, Mila e Inocência. Morou por alguns anos em São José do Rio Pardo e finalmente em 1900, com pouco mais de 20 anos, se estabeleceu definitivamente em Muzambinho. Era um homem empreendedor, versátil e muito inteligente. Marceneiro (profissão que aprendeu com seu pai) estava sempre inventando ou produzindo alguma coisa. Seus móveis finos eram muito procurados por muzambinhenses e região.

francisco ceravolo e catarina muzambinho

Sr. Francisco era proprietário de uma fazenda no alto do bairro Quinta da Bela Vista (antigamente Jardim Cerávolo) onde mantinha um enorme parreiral e se aventurou na fabricação de vinho, cerveja e pinga de uva. Produtos de alta qualidade e de muita fama. Ele tinha também uma fábrica de telhas e tijolos com sua marca FLC.

tijolo francisco leonardo cerávolo muzambinho

Seus materiais eram muito procurados na região devido a sua boa qualidade. Depois montou uma fábrica de ladrilhos de cimento. Em sua fazenda possuía carpintaria, ferraria e até uma bomba de água, que bombeava água do rio Chico Pedro até sua casa. Privilégio de poucos moradores na época. Em 1923 foi aprovado como construtor na Escola de Engenharia do Rio de Janeiro onde defendeu tese. Criou a Construtora Cerávolo e passou a gerir as principais obras da cidade. Citando algumas de suas principais construções temos, o prédio do fórum e cadeia municipal (hoje Paço Municipal), o cemitério, a praça dos Andradas (hoje praça Pedro de Alcântara Magalhães) a Santa Casa , a Escola Normal, usina hidroelétrica da Escola Agrotécnica e as estações ferroviárias de Japy e Jaboti. Construiu mais de 70 imóveis na cidade e as fotografou como troféu de sua criatividade. Sua construtora adquiriu muito prestígio e confiabilidade na região, recebendo da Associação Interamericana de Imprensa de São Paulo, o título de Comendador da Soberana Ordem de São Paulo Apóstolo. Sr. Francisco foi muito respeitado e admirados por todos. Ele é sempre lembrado com admiração e carinho, por ter sido um dos homens que fizeram a nossa Muzambinho. Faleceu em 17/03/1978.

Dados do livro “Caminhos de Muzambinho ” de Geraldo Vanderlei Falcucci

Fotos do acervo pessoal.

Cleusa Ely

O portal muzambinhense de recordações ilustrativas, nos remetendo ao saudosismo e sentimentalismo. Sou apaixonada por fotografias antigas e essa particularidade me fez criar a página Sou mais Muzambinho. Desde fevereiro de 2012, faço do meu hobby, uma realização pessoal. Essa página não seria tão ilustrativa sem a ajuda de meus colaboradores. Chego à ser cansativa nos pedidos às pessoas que possuem um acervo interessante, mas é na insistência que consigo fotos fabulosas e de valor inestimável. As fotos atuais são feitas por mim, para um comparativo de lugares e ângulos iguais às fotos antigas. Tenho orgulho de minha cidade e quero que suas belezas naturais sejam compartilhadas com todos nossos conterrâneos. Obrigada à todos por fazerem da minha realização a sua contemplação.

Um comentário em “Francisco Leonardo Cerávolo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *