Favada mineira

Ingredientes –

  • 1 kg de fava (de preferência a fresca – verde, se for usar a fava seca deixe de molho por umas 6 horas antes de cozinhar)
  • 2 gomos de linguiça calabresa em rodelas
  • 2 paios em rodelas
  • 200 g de bacon magro em cubos
  • 2 tomates bem maduros cortados em cubinhos
  • 2 cebolas em cubinhos
  • 1 cabeças de alho grande, amassado (ou a gosto)
  • 1/2 kg de costelinha de porco (fresca ou defumada)
  • Se gostar de pezinho e orelha de porco, colocar a gosto
  • 1 caldo de bacon ou costela (ou outro de preferência)
  • Cheiro verde a gosto
  • Azeite no fundo da panela (pouco pois os ingredientes soltam gordura)
  • Pimenta vermelha a gosto
  • Sal a gosto (não exagerar)
  • Modo de preparar:
    1. Cozinhe a fava em uma panela de pressão (como se fosse feijão), com bastante água, até que ela esteja macia (cerca de 30 minutos)
    2. A panela deve ser grande porque a fava “espuma” e vaza bastante
    3. Reserve
    4. Em uma outra panela grande, coloque um fundinho de azeite e frite o bacon, a calabresa, o paio
    5. Retire os ingredientes da panela, deixando a gordura que se formou
    6. Frite o alho, em seguida a cebola
    7. Refogue aí a fava com o caldo dela, acrescente os demais ingredientes (tomate, caldo bacon, pimenta e o bacon, linguiça calabresa e paio fritos, reservados, a costelhinha, a orelha e pezinho pré-cozidos)
    8. Acerte o sal
    9. Deixe ferver até engrossar o caldo um pouco
    10. Desligue o fogo e acrescente o cheiro verde
    11. Pode ser servida sozinha, ou acompanhada de arroz e salada verde
    12. É uma delícia, lembra feijoada, mas branca



Cleusa Ely

O portal muzambinhense de recordações ilustrativas, nos remetendo ao saudosismo e sentimentalismo. Sou apaixonada por fotografias antigas e essa particularidade me fez criar a página Sou mais Muzambinho. Desde fevereiro de 2012, faço do meu hobby, uma realização pessoal. Essa página não seria tão ilustrativa sem a ajuda de meus colaboradores. Chego à ser cansativa nos pedidos às pessoas que possuem um acervo interessante, mas é na insistência que consigo fotos fabulosas e de valor inestimável. As fotos atuais são feitas por mim, para um comparativo de lugares e ângulos iguais às fotos antigas. Tenho orgulho de minha cidade e quero que suas belezas naturais sejam compartilhadas com todos nossos conterrâneos. Obrigada à todos por fazerem da minha realização a sua contemplação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *