Por Juliana Faddul

image

Há algumas temporadas de moda que o gloss voltou com força total. Embora tenha causado frisson nas rodas fashionistas, nas ruas o produto caminha de maneira ainda tímida.

De todas as maneiras, a boca vem roubando o protagonismo dos olhos e sendo o grande destaque das maquiagens. “Nunca vi tantas cores de batom e tantas maneiras diferentes para passar o produto”, fala o top maquiador Junior Mendes, que tem entre suas clientes Anitta, Adriane Galisteu, Ivete Sangalo, Preta Gil, entre outras.

Para te ajudar a escolher quem será seu melhor amigo nessa temporada, fizemos a batalha batom x gloss. Vem ver!

CASAMENTO

Para dar aqueeeele beijo de cinema no altar o melhor mesmo é passar pouco produto -independente qual seja. Excesso é certeza de um resultado desastroso: por melhor fixação que o batom tenha, vocês ficarão borrados; por mais cremoso que o gloss seja, vocês ficarão melados. Se mesmo assim você quer arriscar, aposte nas bitocas e guarde o beijão para a lua-de-mel.

Quem ganha? Empate.

PELE

Tanto para um produto, como para o outro a pele pode ser feita de todas as maneiras. No entanto, é importante se fixar em alguns pontos. Se vai apostar no gloss, o ideal é priorizar uma base mais mate, para evitar que a cara toda fique brilhando. No batom, a regra segue a mesma: um batom mais seco fica melhor com uma pele mais molhada e vice-versa. Mas isso não significa que você precisa de T-O-D-A-S as bases do catálogo. A sua textura favorita com certeza casará bem com o batom ou gloss escolhido. Como quem avisa amiga é, fica a dica para a maquiagem ganhar um toque de refinamento.

Quem ganha? Batom.

FRIO
Um dos problemas desta estação do ano é o ressecamento. Está cada vez mais fácil encontrar no mercado batons com hidratante, mas a textura do gloss é ideal para “molhar” a boca evitando resquícios de secura. “Para quem tem boca seca, evite passar batom mate para evitar o craquelamento”, fala Junior.

Quem ganha? Gloss.

CABELO

Quem foi adolescente nos anos 1990/2000 e viveu o auge do gloss sabe que a combinação do produto com cabelo comprido é desastrosa. Gruda, faz bagunça e ainda detona o make. Portanto, se você tem longas/médias medeixas, a pedida é usar com trança ou coque, para evitar possíveis desastres.

Quem ganha? Batom.

FASHIONISMO

Nesse quesito não tem para ninguém: o gloss é o último grito de beauty na moda. “Ele voltou forte e voltou com tudo!”, explica Mendes. Translúcido ou com cores, o produto esteve nas principais semanas de moda nacionais e internacionais e, ao que tudo indica, continuará nas necessaires modernetes. O bom é que ele está sendo usado de todas as maneiras: com/sem pigmentação, em cima do batom e até como sombra!

Quem ganha? Gloss.

MATURIDADE

Se as cores fortes (laranja, vinho, preto e azul), consideradas infantis e cafonas por anos, caíram no gosto até das mulheres mais maduras, o gloss ainda flerta com a infantilidade. Sim, o produto ainda é sinônimo de “minha primeira maquiagem”. Na dúvida, usa uma cor mate ou batom cremoso.

Quem ganha? Batom.


PARA AGRADAR GREGOS E TROIANOS

Depois de tantas dicas, difícil optar por apenas um tipo de produto, certo? Pois bem, saiba que a maioria das marcas vem apostando no tipo “gloss mate”. Como o próprio nome diz, o produto é líquido, mas o resultado final, na boca, é mate. Isso evita o craquelado nas regiões mais secas e permite facilidade na hora de passar. Aposta de 2015: sim ou com certeza?